Concurseiro – Avalie sua motivação!

motivação para concurso publicoÉ muito comum as pessoas se deixarem levar por impulsos…Seja por falar bobagem em uma discussão ou até por realizar uma compra a mais que não irá se enquadrar no orçamento.
Mas desses impulsos muitas vezes pode nascer algo positivo, basta que esse impulso seja submetido a uma reflexão e se torne um compromisso pessoal.

Como nós já comentamos, nesse período difícil da economia brasileira, as pessoas tendem a se deixarem levar pelo impulso e começam a estudar para concursos públicos.

Acontece que se você realmente deseja passar em concursos públicos disputados, você deve ir muito além de um impulso, deve existir um compromisso pessoal, uma real motivação que o levará a atingir essa meta.

A motivação da maneira correta!

Pois bem, a motivação é com certeza é o primeiro e fundamental passo para iniciar sua carreira de concurseiro…Você deve ter clareza sobre a sua motivação!

E quando falamos em motivação, nós queremos ir muito além de simplesmente conseguir passar do concurso.
Nós devemos ter clareza quanto aos benefícios REAIS disso, pois se nós estipularmos apenas a meta de passar no concurso, para nossa mente isso é muito vago, ela não consegue de fato assimilar o que isso vai mudar em sua vida.

Lembre-se: A sua mente precisa ter plena clareza sobre TODOS OS BENEFÍCIOS dessa empreitada, caso contrário você sofrerá o processo que chamamos de autossabotagem.
Você até conseguira iniciar suas tarefas, mas em pouco tempo de estudo você irá começar a procrastinar, desviar o foco e isso com certeza prejudicará seu rendimento.

Sendo assim nós vamos te ensinar a extrair o real valor da motivação, fazendo com que consiga enxergar tudo que você precisa com maior clareza.

Como identificar os benefícios por trás de sua meta?

Vamos lá, antes de mais nada é importante que você pegue um papel e caneta para realizar esse exercício, justamente para que sua mente já comesse a levar isso a sério e encarar de fato como um compromisso.

Então quero faça a seguinte pergunta a você mesmo:

  • Qual a minha meta e em quanto tempo planejo atingi-la?

Neste ponto você precisa ser BEM específico, justamente para iniciar esse processo de clareza mental. Então você deve colocar como objetivo exatamente para qual cargo você irá se candidatar e em quanto tempo você se compromete a passar neste concurso.

Algo que ajudará MUITO é você compartilhar esse seu objetivo com alguém de sua confiança e dizer que esse é um objetivo seu, e que está se comprometendo a atingi-lo em tal prazo.
Isso fará com que se crie uma “pressão social” sobre o seu objetivo…mas esse assunto é bem amplo e nós abordaremos ele novamente em posts futuros.

A segunda pergunta que você deve responder no caderno é a seguinte:

  • Quais benefício REAIS atingir essa meta irá me proporcionar?

Quando falamos “benefícios reais” nós estamos se referindo ao que de fato irá mudar na sua vida, não apenas no sentido financeiro…mas tudo que te fará crescer como pessoa e a transformação que fará em sua vida.
Por exemplo: Assim que eu atingir o meu objetivo de me tornar um fiscal da receita federal, eu me sentirei totalmente satisfeito com essa minha conquista, pois acreditarei muito mais na minha capacidade.
Além disso, terei melhores condições e estabilidade para sustentar a minha família e poder proporcionar-lhes tudo que eles eu mesmo mereço!

33c85b94-89ec-4417-9261-392d3d4ae90cimage4Esse é um exemplo bem genérico, mas já da pra ter uma noção. O importante é que você escreva o que essa conquista significará pra você pessoalmente. Quais problemas você irá solucionar? quais coisas que você não faz hoje e que poderá fazer após essa conquista.

É isso que é importante que você escreva, pois assim fará dessa resposta algo muito mais pessoal e significativo. Quanto maior o valor que esse seu objetivo tiver para você, mais sua mente se comprometerá a realiza-lo.

Espero que tenha gostado do artigo!
Com certeza voltaremos a tocar nesse assunto…
Abraço!

Duas dicas valiosas!

Em tempos de crise como os atuais, o desejo de 90% dos trabalhadores é poder confiar que não perderá seu emprego…Infelizmente, para muitos isso já aconteceu nos últimos meses, e a tendencia é que o quadro ainda piore mais um pouco antes que se estabilize.

Nessas horas sempre bate a ideia de tentar um concurso público, mesmo que inicialmente o salário não seja AQUELE atrativo, com o tempo os benefícios e a estabilidade acaba compensando o esforço.
Sendo assim, nós iniciaremos à partir deste post uma série de artigos focados em ajuda-lo a alcançar esse tão sonhado objetivo!

E o primeiro passo que precisamos saber sobre o que fazer para passar em concurso público, é o que NÃO FAZER…
Primeiro precisamos entender justamente quais o erros que a maioria comete e que precisamos evitar a fim de ter sucesso.
Sendo assim, vamos à dois erro BÁSICOS que você deve evitar!

Erro número 1: Não se preparar com a antecedência necesario

Antes mesmo de um concurso público ficar “falado” ele já é aguardado com muita expectativa por vários concurseiros de plantão.

Ou seja, existem comunidades de concurseiros que já sabem que determinado concurso público irá abrir e já estão se preparando muito antes da maioria.
E quando dizemos muito antes, é coisa de meses (as vezes mais de um ano). Isso com certeza dará a esses concurseiros mais atentos uma enorme vantagem sobre os demais candidatos.

Então se você realmente deseja se empenhar para conseguir um cargo público, indicamos fortemente que procure por fóruns e comunidades específicas sobre concursos e fique atento às atualizações dessa comunidade…Assim você garantirá algum tempo a mais para se preparar antes da maioria dos candidatos.

Erro número 2: Não se atentar às particularidades de cada concurso.

Isso envolve MUITA coisa!
Muitas pessoas acreditam cegamente que estudar conteúdos genéricos irá ajudar a passar em qualquer concurso, mas não é bem assim…
Claro que em todos eles você precisará se dedicar à língua portuguesa, matemática e atualidades…Mas cada prova tem suas exigências especificas e que merecem atenção.

Por exemplo, o conhecimento que você precisa ter sobre língua portuguesa com certeza irá te ajudar a passar para o concurso de fiscal da receita federal e para engenheiro da petrobrás, mas a maneira com que a prova irá abordar essa matéria é o que deve ser estudado com maior cautela.

Além disso, muitas pessoas não levam em conta a relação candidato/vaga na hora de escolher para qual cargo irá concorrer. E isso é de extrema importância, pois pode determinar a sua aprovação ou reprovação!

Quando uma prefeitura abre um edital para seus cargos, ela limita a sua candidatura à apenas uma funcão e isso impacta na questão candidato/vaga

– Digamos que uma prefeitura abra 500 vagas para auxiliar de limpeza e 200 para auxiliar de copa e cozinha. Ambos possuem o mesmo salário e benefícios, também exigem o mesmo grau de escolaridade tendo inclusive a mesma prova.
Nesse caso, faria muito mais sentido você se candidatar à auxiliar de limpeza pois a concorrência provavelmente será menor, tendo em vista a diferença na quantidade de vagas (Claro, a menos que você tenha preferência pessoal por outro cargo).

Na maioria das vezes existem brechas que podem ser exploradas a fim se de beneficiar da relação candidato/vaga e de uma menor concorrência também no sentido intelectual. Mas isso exige que você tenha um conhecimento maior sobre os hábitos internos da empresa e de possibilidades futuras que podem ocorrer.
Por exemplo:

O metro de São Paulo abre praticamente todos os anos concursos para seus cargos.
Sendo que algumas das vagas mais concorridas são de engenheiro elétrico e técnico eletricista.
Porém, antes de abrir as vagas ao público, a companhia promove um concurso interno, para que os próprios funcionários preencham as vagas e só depois abrem o restante das vagas ao público.

Geralmente as vagas para técnicos são em maior número do que as de engenheiro, fazendo por si só que a concorrência para engenheiro seja maior.
Além disso, a prova aplicada aos engenheiros tem uma maior dificuldade e você concorrerá com outros engenheiros formados e pós graduados.

Sendo assim, você não acha que a melhor alternativa neste caso seria concorrer à vaga de técnico, garantir sua vaga e posteriormente participar de um concurso interno a fim de atingir o cargo de engenheiro?

Essas são algumas brechas possível no sistema de concurso público e que você poderá ficar atento à partir de agora!
Agradecemos a leitura e nos vemos no próximo artigo!

 

Aumento do número de concurseiros

Concurso-PublicoAtualmente estamos vivendo com uma economia instável, inflação alta e um grande avanço na taxa de desemprego chegando a atingir 11,2% no trimestre encerrado em abril deste ano, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE). Com o medo do desemprego, as empresas diminuindo custos e reduzindo seus quadros, o velho sonho da estabilidade volta a povoar o imaginário do trabalhador, o funcionalismo volta a ser visto como salvação.

De longe, o concurso público é uma grande oportunidade de garantir salários melhores e realizar o sonho da estabilidade, distante dos riscos do desemprego ou das dificuldades encontradas nas empresas privadas atualmente. Porém, para chegar até a aprovação tem que estudar muito, o impacto disso já aumenta o caixa dos cursinhos preparatórios, que registram 40% mais demanda por aulas desde o início do ano.

Ser um concurseiro requer disciplina, empenho e planejamento.  Serão horas de dedicação e que irá necessitar de energia e disponibilidade do concurseiro. Questões de provas anteriores, resumos, estudar em grupo, fazer cursinho e participar de simulados são algumas formas eficazes de fixar conhecimento.

Paciência e visão a longo prazo devem ser inseparáveis dos concurseiros que devem aproveitar o tempo para planejar seus estudos, pois o candidato que se prepara antecipadamente está um passo a frente da concorrência. Uma preparação sólida e eficiente requer tempo e dessa forma quem estuda antecipadamente tem mais tempo de preparação e, consequentemente, mais tempo para se aprofundar em conteúdos exigidos pelo edital.

 

Energia essencial do concurseiro

Passar em concursos públicos não é fácil, dá trabalho, e muitas vezes é mais demorado e difícil que gostaríamos, portanto para alcançar o objetivo de passar e ser empossado requer que o concurseiro fique firme, suporte e supere todas as dificuldades que sugirem em seu caminho, que não perca a energia essencial para se manter focado no objetivo de ser um funcionário público.

Não deixe que a ansiedade e angustia te controle, reserve algum tempo para você descansar e arejar a cabeça, pratique exercícios e tenha uma boa alimentação. Não deixe o seu bem estar de lado, você precisará de disposição.

Lembre-se que o objetivo alcançado te trará grande satisfação e a tão procurada estabilidade econômica neste momento de crise econômica em que vivemos.

 

Vantagens de prestar concurso público

Uma das principais vantagens, sem dúvida, é a remuneração oferecida. O salário pago a um servidor público normalmente costuma ser alto quando disponibilizado para pessoas que possuem ensino médio concluído. Quando o concurso é aberto para pessoas que tem nível superior de ensino concluído, o salário é bem mais significante. Além disso, os benefícios que vem vinculados são bastante atrativos.

A estabilidade também é uma grande vantagem, principalmente em tempos atuais (de crise). A certeza de que você não perderá seu emprego, mesmo em época em que muitas empresas fazem corte de funcionários é uma possibilidade incrível.

Mesmo que, após passar no concurso, você acabe não gostando do seu cargo ou resolva deixá-lo por qualquer motivo, a experiência que se adquire como funcionário público também é uma grande vantagem. Isso porque todos sabem que não é fácil passar em uma prova seletiva para concurso público e somente quem é extremamente dedicado obtém sucesso nessa prova, por esse motivo, seu currículo ficará destacado dos demais.

Concurso Publico em Altaneira